A Capa


Destaques GLS: Visitamos cabines do sexo e "buracos do prazer" em 3 cidades

Por Sergio Ripardo* em 25/03/2009 às 21h06

Adeptos do sexo casual e anônimo podem também curtir transar nos "glory holes", aqueles buracos encontrados em cabines ou em labirintos em saunas, cruising-bars e clubes de orgias, em geral usados para o sexo oral ou masturbação a dois.

Em cidades como São Paulo e Rio, os donos desses estabelecimentos evitam caprichar nesses espaços. Há buracos improvisados de madeira, sem proteção, espetando o pênis. Outros têm pequenas janelas com ferrolho para quem não está a fim de dividir de ser visto pelo ocupante da cabine ao lado, mas nem sempre funcionam, deixam aberturas.

Locadoras de vídeos pornôs só ofertam cabines para uma única pessoa, sem "glory holes". No Rio, visitei a Amor Devasso (praça Tiradentes, 60, sala 302, centro). A cabine tinha ventilador, cabide para pendurar a bolsa ou um casaco, um rolo de papel higiênico. Na Armagedon (av. Graça Aranha, 416, loja 317), um papel fixado na parede da cabine me assustou: "Favor usar o papel toalha e o cesto de lixo. Não urinar no cesto". Como as cabines ficam no mesmo andar da recepção e das estantes das fitas, dá para ouvir a conversa do atendente ao telefone, o que me distraiu um pouco.

Já os "glory holes" encontrei na galeria erótica Sex Rose (rua Álvaro Alvim, 37, loja 6). É preciso comprar ficha para ver uma seleção já determinada de vídeos na cabine. Os buracos não têm janelas. Alguns deixam a porta da cabine aberta para mostrar o dote e despertar interesse ou alguns trocados.

Em São Paulo, vi "glory holes" no sex shop Vênus (rua da Consolação, 2.504), um dos principais points de pegação de quem trabalha ou mora na região da Paulista. No início da noite, há fila para entrar na área das cabines, usadas até por três pessoas.

Na sauna Oásis (rua Doutor Cândido Espinheira, 768, Perdizes), os "glory holes" estão nos labirintos, e as cabines (abertas e fechadas) permitem até o uso por grupos. Outro cabinão com os famosos buracos fica quase esquina da rua Aurora com avenida Vieira de Carvalho. É para onde garotos de programa da praça da República levam seus clientes. Os buracos têm portinha, não há papel higiênico nas cabines de madeira, e os monitores são bem velhos.

Em Buenos Aires, o cruising-bar Tom's, famoso na capital portenha (em um subsolo na rua Viamonte, 638, perto da rua comercial Florida), também oferece "glory holes". O lugar é um bom exemplo de que é possível oferecer instalações melhores para o sexo gay, com cabines com TV tela plana, além de capricho na limpeza, sinalização e iluminação de labirintos e dark rooms. Na entrada, além de um bar, um pequeno lounge com poltronas confortáveis e modernas, em um ambiente futurista.

Conversei com o dono de uma comunidade "Eu Amo Glory Hole" no Orkut, Mauricio (nick Kareka Bi-40), morador de Belo Horizonte.

Destaques GLS - Qual é o barato do glory hole?

Mauricio - O anonimato. Às vezes, você acaba fazendo com a mesma pessoa outras vezes, vira hábito, pois ela está sempre lá, mas não há envolvimento.

Destaques GLS - Como se comportar no glory hole?

Maurício - Antes de tudo, esperar. Se o cara quer só bater punheta na cabine, fique vendo. Se ele coloca o pau no buraco, você pega, bate para ele e vê ele gozar numa boa. Tem aqueles que querem saber se você é bonito ou que ficam do lado enchendo o saco. Ou aqueles que só deixam pegar no pau se você chupar ou se você arranjar uma camisinha para a transa completa.

Destaques GLS - Há muito barebacking (sexo sem proteção) no glory hole ou risco de furar a camisinha na madeira?

Maurício - O pau maior é melhor para penetrar, mas não há risco de rasgar a camisinha, pois o buraco é grande. Quem gosta de "bare" já fala logo... se você topar a liberação será perfeita, mas a maioria sempre pede para entrar na cabine para fazer o sexo mais gostoso.

Casais & Cia

Para héteros e gays puritanos, pode soar um escândalo a notícia de que o estilista Marc Jacobs conheceu seu atual noivo em um dark room. É como se o script do modelo perfeito de casal arbitrasse até os "lugares certos" para um encontro de pombinhos, como missa na igreja, jantar de caridade ou museu. Se você achou alguém na pista da boate, no banheiro da sauna ou no sling do clube de orgia, a avaliação preconceituosa é de que, só por isso, uma relação assim não dará certo.

"Onde vocês se conheceram?" pode ser um tipo de pergunta que pode constranger alguns casais gays. Recentemente, conheci um casal (um arquiteto e um modelo), bem-sucedido profissionalmente. Fiz a tal pergunta, eles ficaram meio envergonhados, mas soltaram esta: "Você não vai acreditar...a gente se encontrou na NostroMondo". A resposta embutia a visão que eles fazem do local, o clube gay mais antigo de São Paulo, identificado como "gueto" (ingressos baratos, shows de drags e strippers). Muita gente ainda tem vergonha de admitir que vai a boates do público de baixa renda ou que se envolveram com freqüentadores desses points. Ainda bem que temos o marqueteiro dos bons Marc Jacobs, que já namorou um ator pornô e um michê assumido, para sacudir um pouco a poeira dessas cabeças hipócritas.

Rap10

1- Um policial gay será um dos personagens principais da série "Southland", que vai substituir "ER" na TV americana em abril e terá ainda o gato Benjamin McKenzie, o Ryan da série "The OC".

2- A escolha da Cantho para a festa de Marc Jacobs não deveria escandalizar fashionistas. No ano passado, o estilista japonês Kenzo ferveu na Danger, boate da rua Rego Freitas. A Cantho não tem dark room, como a Danger.

3- Ana Fadigas, que criou a "G", deverá ter um programa na webrádio Mundo Mix, a ser lançada em abril no Virgula. Em fevereiro, o ex-marido de Ana, Jayme Camargo, morreu de infarto, aos 68 anos. Ele era gay assumido.

4- O dramaturgo e roteirista Mário Viana inaugurou, finalmente, um blog. É o Olhares Loiros. Ele escreveu "Dance Dance Dance", novela da Band em que havia um jovem gay como personagem.

5- No último sábado de cada mês, o bar Queen (rua Vitória, 826, Arouche) promove show com strippers. A produção é da diva Paulinho 80, ícone da NostroMondo por organizar concursos de dotadões.

6- No dia 3 de abril (uma sexta), 22h, o Farol de Madalena promove uma edição da festa lésbica Diva na The Week, com os DJs Marcos Paulo, Grá Ferreira e Cris Villela, e cantora Amannda. R$ 25 (antecipado) e R$ 35 (na porta).

7- Haverá concurso de cosplay e workshop de mangá nos dias 4 e 5 de abril durante o Mercado Mundo Mix, no estacionamento Multipark (esquina da avenida Paulista e Pamplona), das 12 às 20h.

8- Depois da extensa cobertura midiática de Marc Jacobs na Cantho, o estilista Dudu Bertholini, que só falta usar uma melancia pendurada no pescoço para aparecer na mídia, faz

Link

Comentários








Marx: Sergio Ripardo como sempre mandando muito bem. Só resta agora esperar a chuva de comentários das carolas moralistas fazendo teses sobre a promiscuidade no meio gay e blá-blá-blá ... Mas tudo bem, enquanto elas reclamam a gente se diverte, sempre com segurança, é claro. Beijos Sérgio, me liga sempre.

caio: Um dos namoros q tive, nos conhecemos dentro de um cinema pornô!!!! dali fomos pra um hotel e ficamos juntos por quase 4 anos. Tb concordo q não importa o local aonde as pessoas venham a se conhecer prar ter uma vida a 2 legal. mas uma coisa é certa, se o seu par for ciumento, ele sempre terá como referencia esse fato! e isso sempre servirá de motivo de briguinhas... rsrsrsrs apesar de ele tb ter sido frequentador do local!!!

márcio - floripa: Porisso que os gays são considerados promiscuos!!! Porisso do alto indice de aids entre homossexuais!!! Prefiro se masturbar sozinho, pois não corro o risco de me ifectar...

Marx: Ao Senhores Caretas: para o vosso conhecimento o índice de mulheres heterossexuais e casadas contaminadas pelo vírus da AIDS tem subido assustadoramente nos últimos tempos. A culpa é dos gays também? Masturbem-se sozinhos, então, entrando em sites gays, assistindo vídeozinhos e sejam felizes à vossa maneira, já que tens tanto medo de viverem sua sexualidade de maneira plena. A questão da segurança na hora do sexo independe de orientação sexual e isso deve, de alguma maneira ser posto na cabeça de gente sem informação, como vocês.

RoBSoN: ESSAS CABINES SÃO MUITO PRECARIAS,A MAIORIA DEVERIAM SER BEM MAIS CUIDADAS,SOU GAY MAS NAUM ASSUMIDO,QUANDO VOU NESSAS CABINES É SEMPRE PRA UMA COISA RAPIDA,E TBM É UM SEXO GOSTOSO,SEM PRECISAR DE PENETRAÇÃO NA MAIORIA DAS VEZES,SEXO EM QUALQUER LUGAR SEMPRE VC TEM QUE SE PREVENIR NAUM IMPORTA SE É EM CABINE,CINEMA OU SEJA ONDE FOR,VC QUE TEM QUE SE PREVINIR,POIS NÃO É SÓ EM MEIOS GAY QUE SE CONTRAI DOENÇAS POIS FREGUENTO E TENHO AMIZADES NOS DOIS LADOS..DE RESTO É SÓ ALEGRIA.

Emerson: Parabéns pelo texto dos Glorys....adoro....sou frequentador!

danilo : e por ter ideias preconceituosas sobre as pesoas que a maioria de nos gays estamos sozinhos !que mal existe em namorar um cra que seja pobre homens heteros não se importam de namorar uma mulher que esteja abaixo dele na escala social muito menos se envergonha de se casar com uma mulher que nao teve uma vida como pode se dizer muito casta ai de quem chama-la de puta !!!galera vamos nos livrar do preconceito e se feliz !!!

Biba: Endereços

lorenzo dias: frequento quase todo dia o sex rose no rio na hora do meu almoço, as vezes apenas 15mim, pra chupar uma boa piroca...la tem muitos executivos de ternos, officeboys e outros que curtem uma gozada rapida....é otimo e dou maior força a quem gosta dessa fantasia. Só não curto pro final da noite que começam aparecer umas pintosas que pelo lugar tocar hita como uma boate, elas ficam dublando e dando pinta estragando o clima. Tbm é muito chato os grupinhos de bichinhas que tentam grudar em vc , se vc é gato...é um grude...Há cuidado pois a ELZA tbm aparece no dark room. No mais adoro as picas que aparecem... boa sorte e curtam vale a pena...

delicia71: gostei muito da capa desse mes muito massa

alencar falcao: creio q s precisa melhorar mais ate pq ñ me vejo como objeto d squina trabalhamos e pagamos nossos impostos legalmente e temos o direito d frequentar lugares bons nas noites cariocas e outras.keremos algo melhor, as opçoes d baladas gays d nosso pais, apesar q aos poucos stamos conquistando nossos spaços.o mundo gay apesar q ñ sao todos ainda é promiscuo

Renato Gruner: Sou brasileiro de nascimento mas cidadao americano, moro nos EUA ha 30 anos. Tambem nao gosto da hipocresia. Conheci meu marido num banheiro do bar The Spike que ja nao existe mais. Este banheiro era famoso para rapidinhas. Nossa rapidinha ja dura quase 14 anos. Nao e o lugar que faz a pessoa mas a pessoa que faz a pessoa. Somos muito felizes desde o dia que nos conhecemos. Agradeco sempre aquele banheiro.....

martyno: quero ver videos de sexo entre homens.

leonardo: em goiania a algum lugar como esses que vemos um relax assim honde entramos em cabines ocultas com buracos onde podemos colocar os membros para diversao em segilo;

willian: Oi td bem amigos e amigas moramos em Curitiba Pr, alguém sabe nos dizer si tem aqui em Curitiba sauna ou boates com sigilo total, com buraco do prazer?...Para ela?? Abç a tds.

jorge: Onde encontro cabines eroticas em São Paulo que o luga seja bom. E os pessoa que entrão são gentes decentes

anderson dos santos lima: Gosto moito que ro mas

joao carlos: Como faco p abrir um negocio deste amo isto mas ainda n fui em salvador ba ixiste?

jorge: onde encontro cabine erotica em São Paulo.

inaldo lima: tem cabine erótica em Curitiba ? onde fica ?

: Tem cabine em Curitiba?

Rafael: Eu visitei um glory Holly de São Paulo e amei muito,eu nunca tinha indo,mais quando fui entrei numa cabine e comecei a ver o video,quando me deparei do lado uma rola duroa do lado não muito grande mais não fiz nada e logo o carra tirou,mais derrepente outro cara colocou uma rola enrome e quase me assstei com o tamanho mais não resistir e cai de boca e chupei desesperadamente,foi ai que eu chamei pra entrar e ai me fufeu muito gostoso amei.

fkati: Estive neste da Rua Aurora, próximo a Rua Vieira de Carvalho, não gostei pois tem muitos caras parado do lado de fora das cabines, eu achei um tanto constrangedor, e as condições são precárias vc pisa no chão parece que vai ficar colada de tanto esperma, como o local é bem escuro, depois de sentar na cadeira percebi que havia uma camisinha usa toda suja.

Marcelo: Sou de Brasília e lamento muito o fato de não existir cabines com glory holle aqui na cidade! Brasília tem uma das maiores rendas por pessoa do país e gays aqui não são diferentes dos de São Paulo nem do Rio de Janeiro. Bastaria fazer um lugar que preservasse a identidade das pessoas. Eu adoraria se tivesse um lugar com glory holle aqui em Brasília. Fica a dia aos empresários, empreendedores de plantão.

Anterior  1  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo