A Capa


Filme com Daniel Oliveira apresenta relação incestuosa entre pai e filho

Por Diana C. em 29/10/2008 às 17h42

Filme com Daniel Oliveira apresenta relação incestuosa entre pai e filho

Com exibições na 32º Mostra de Cinema, em São Paulo, o filme 'A Festa da Menina Morta' - que marca a estréia de Matheus Nachtergale na direção - apresenta a vida de moradores do interior do Amazonas que passam a cultuar uma garota após sua morte.

Na história, o ator Daniel Oliveira vive Santinho, personagem que é tratado pelos moradores como 'santo' por ter encontrado os trapos do vestido da menina. Toda a região o venera e acabam o transformando numa santidade que faz 'revelações' e concede bênçãos em nome da menina.

Logo no início do filme, podemos perceber que de santo, Santinho não tem quase nada. O jovem é grosseiro com suas tias e irmã, que devem lavar todos os dia seus pés e ainda cantarolar sem desafinar. Caso contrário, é um prato cheio para que o rapaz desconte sua raiva aos gritos, lançando a bacia com água para longe.

Alguns classificariam o personagem de Daniel como uma 'bichona', devido aos seus surtos de humor e agressividade. Santinho apresenta ainda traços delicados, voz suave e um gestual um tanto quanto feminino. 

Com o suicídio de sua mãe, o jovem passa a ocupar o seu lugar, literalmente. Porém, só percebemos isto no desenrolar do filme que, em meio a uma crença religiosa, surpreende com uma relação de incesto entre Santinho e seu pai, vivido pelo ator Jackson Antunes.

No início, um homem mais velho aparece dormindo ao lado de um corpo aparentemente feminino, que, na verdade, pertence a Santinho. O jovem, por vezes, se acha parecido com sua mãe (Cássia Kiss) e, talvez, por tal semelhança e conflito interno, é que Santinho usa o tempo todo uma peça de roupa de sua progenitora, dorme na mesma cama que ela dormia e sente prazer ao ser tocado por seu pai.

Em uma noite chuvosa, durante a preparação para 20º Festa da Menina Morta, Santinho está tomando banho e se insinua para seu pai que, acostumado com tal situação, inicia ali mesmo uma relação sexual com o filho.

Com um ótimo trabalho de câmera e fotografia, o diretor consegue fazer com que o corpo de Santinho se pareça, durante a relação, com um corpo de uma jovem de 20 anos.  É claro que, a genética do ator Daniel Oliveira contribui e muito para tal imaginação.

Apesar de longo, cerca de duas horas de filme, 'A Festa da Menina Morta' nos surpreende. A relação dos atores com a cultura local é algo que, por alguns minutos, nos fazem pensar que não se trata de uma ficção. O filme ainda discute a questão de cultos religiosos serem regados a festas e bebida alcoólicas. 

Vencedor na categoria Novos Diretores, no Festival de Chicago, o longa conta ainda com a participação de atores que dispensam apresentações, como é o caso de Cássia Kiss e Jackson Antunes. Além da belíssima interpretação de Daniel Oliveira que, a cada filme, parece ter o personagem principal escrito exclusivamente para sua interpretação.

"A Festa da Menina Morta" terá ainda duas apresentações na Mostra, e deve estrear em grande circuito no primeiro semestre do ano que vêm. Confira no álbum algumas imagens do longa.

Serviço:
Hoje, às 21h40, na Reserva Cultural
Dia 30, às 19h30, no Cine Bombril



Você gostaria de conhecer seu próximo namorado?

Se você quer conhecer vários caras bem próximos da sua casa ou do seu trabalho, nós temos uma solução completa e experiência de mais de 14 anos formando casais gays para namoro, casamento e também para uma noite de diversão.

Você só precisa se dedicar um pouquinho fornecendo suas informações com uma boa foto e pronto! Vários caras vão bater na sua porta querendo um pouquinho de você.

Gostou da ideia? É bem fácil, basta clicar aqui nesse link e digitar o seu e-mail para ter tudo isso.



Você quer receber nossas noticias por email?

Link


Fotos

Comentários








Tito Cesar: Kássia Kiss e Daniel Oliveira dispensam apresentação. Quanto a Jackson Antunes, do meu ponto de vista, não passa de um ator de poucas qualidades artísticas!!!

rodrigo werna: parabens! A Festa da Menina Morta é um belíssimo filme, diferente dos modelos atuais, esse nos mostra a sensivel psicologia das personagens. mas não é para todos, muitos não irão gostar desse filme. a final, sensibilidade nem todos tem.

Mike: enredo muito interessante e com ótimo elenco, onde será q eu consigo assistir esse filme?

ronaldo: Parabéns ao matheus pelo já brilhante trabalho com esse filme que com certeza fará sucesso, um grande abraço a equipe desse site e ao matheus.

Afrânio César: Estou curiosissimo para vê este filme, mesmo porque moro no Amazônas e já ouvi muitas estórias interessantes pelo os interior, além das lendas que já são bastantes conhecidas.

João Baptista Neto: Assisti Tributo à Cazuza e em certas cenas,não se sabe quem é Cazuza e quem é Daniel! EXPLÊNDIDO! Ele tam uma naturalidade ma intrepretação que chega à arrepiar!Este filme deve ser perfeito,como tudo que Daniel faz!

debora da silva: quase perfeito!pra ser melhor só mesmo se deixasse a possibilidade da dúvida,pra que escancarar o fator humano? porque seriam os telespectadores diferentes dos ribeirinhos?Se eles puderam ter fé sem ver a realidade,não seria interessante mostrar a realidade e questionar a fé? Este é o problema do discurso sobre a fé...se impõe através do fator humano

Anterior  1  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Cueca Breathable Mesh - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Cueca com Fechos Magnéticos Break A Way - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 125,90

 

 

Cueca Maximum Front Enhancement - Coleção Envy

 

Preço: R$ 149,00
PROMOÇÃO: R$ 112,00

 

 

Jockstrap Maximum - Branca - Coleção Envy

 

Preço: R$ 199,00
PROMOÇÃO: R$ 169,90


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo