A Capa


Gaivotas Fiéis: Jornalista quer criar torcida gay do Corinthians

Por Redação em 15/10/2013 às 16h26

Gaivotas Fiéis: Jornalista quer criar torcida gay do Corinthians

Lembra do Pablo, do programa "Qual é a música", do Silvio Santos? Aquele rapaz que aparecia sempre muito desinibido, com uma borboleta desenhada no rosto, cantando as músicas para os convidados?

Pois é. Felipeh Campos, que fez fama no SBT, é jornalista e se tornou presença praticamente frequente no programa da apresentadora Luciana Gimenez, na Rede TV. Por lá, Campos, que é gay assumido, sempre discute temas ligados à sexualidade.

Agora, o jornalista resolveu tocar em outro assunto: o futebol. Em entrevista ao programa Agora É Tarde, de Danilo Gentile, Campos contou que acaba de criar a torcida gay do Corinthians, chamada "Gaivotas Fiéis.

A ideia do jornalista é criar um grupo organizado para acompanhar os jogos do timão nos estádios. "Vai ser a primeira torcida gay no mundo, não existe nenhuma torcida gay. Isso vai gerar mídia espontânea e o clube poderá fazer inserção no mundo, isso vale muito a pena", declarou ao Uol.

Questionado se não teme represálias, como aconteceu com o jogador Emerson Sheik, que publicou uma foto trocando um selinho com o chef Isaac Azar e foi alvo de críticas e comentários preconceituosos por parte da torcida do Corinthians, o jornalista afirma que sempre é preciso dar o primeiro passo.

"Isso é uma torcida organizada e não uma discussão sobre sexualidade, discussão sobre questão social. Futebol é diversão. Se quiserem agredir e fazer retaliação, fica a critério deles essa atitude", declarou.

"Não quero dividir os gays no estádio, mas vão ter de respeitar, temos de ser considerados. Vão ter de engolir, pois estaremos pagando para estar lá e não podem tirar o direito de ir e vir do cidadão", concluiu.

Link

Comentários








Phide: Eu descordo, esse medo de enfrentar o que é novo, só torna o preconceito mais forte, esse papo de que só vai aumentar o preconceito e só vai dar midia, é balela de quem na verdade só medo a oferecer, eu não vejo problema algum nisso, e creio que a muito torcedores gays no corinthians, claro que exige um certo cuidado, mas exige tambem muita coragem e isso temos de sobra. Enquanto agirmos passivamente perante a sociedade, é isso que vamos receber cada vez mais, eles tem quer saber que existem gays corinhthianos, são paulinos, palmeirenses, negros, brancos, indigenas, gringo, nordestino, cadeirantes e tem que aprender a conviver com isso; aceitar que somo normais e que fazemos parte do mesmo mundo, goste eles ou não. Não é uma questão de se expor por midia, e mesmo que fosse, que seja usado com uma boa intenção, de mostrar que não nos encondemos mais, e dizer que somos normais pra frenquentar só lugares GLS, eu quero beijar meu parceiro no show de rock sem que ninguem enfie a mão na minh

R.O.M: Concordo com Júnior Freitas e o Tiago

Heitor Mendes: Muito bem colocado a crítica do Tiago. Breve será lançando em Perdizes um cemitério para gays ! Um luxo vamos chegar arrasando no céu ou no inferno ! rs

Tiago: Tem gente que quer mais fama não importa como. Queremos aceitação, não separação. Agora td que existe tem que ter uma versão gay? Que retrocesso!

júnior freitas: "Isso vai gerar mídia..." Vai gerar é preconceito isso sim!!Não existe outra coisa tão machista quanto o futebol;um celinho envolvendo um jogador já é motivo de desonra e discriminação ,imagine criar criar torcida gay.Vai dá no que falar,nem imagino o que vem por aí...

Caio: Eu até entendo esse lado de alguns gays quererem sempre dar um ar mais colorido, mais alegre nos ambientes que passam e vivem e quebrarem um pouco a seriedade para descontrair. Mas por que sempre quando é algo relacionado aos homossexuais tem que ter essa conotação, ou melhor dizendo denotação (está explícito rs) da referência ao feminino, ao "glamour" e etc??? Gaivotas? Acho que está na hora de se mudar o jeito de se fazer. E aliás, duvido muito que a maioria dos corinthianos vão gostar da ideia, principalmente o clube que é bem fechado ao assunto, mas nesse ponto eles que se danem, pois não é preciso autorização de ninguém para criar o fã clube.

Anterior  1 2  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Jockstrap Locker Preta - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00

 

 

Jockstrap Locker Amarela - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00

 

 

Jockstrap Locker Verde - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00

 

 

Jockstrap Locker Vermelha - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo