A Capa


Companheiro de Emílio Santiago pede na Justiça pensão por morte do cantor

Por Redação em 28/06/2013 às 18h02

Companheiro de Emílio Santiago pede na Justiça pensão por morte do cantor

Mesmo muitíssimo discreto em vida, o cantor Emílio Santiago, que morreu no dia 20 de março em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), teve o seu relacionamento com o professor Márcio Tadeu Ribeiro Francisco, da UERJ, revelado.

O caso veio à tona devido a um processo de Justiça que corre em segredo na 4ª Vara de Família do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Segundo a coluna do jornalista Léo Dias, no "O Dia", Márcio Tadeu afirma ter vivido com o cantor por aproximadamente 18 anos. O professor luta para que o seu relacionamento de concubinato (não formalizado) seja reconhecido perante a Justiça como uma união estável.

O valor da herança não foi divulgado. No entanto, sabe-se que Emílio Santiago era dono de imóveis em diversos estados brasileiros, possuia carros e muitas joias, além de um apartamento em Nova York, nos Estados Unidos.

A relação entre o professor e o cantor era conhecida pelas cantoras Alcione e Leny Andrade, que são testemunhas no processo.
 

Link

Comentários








Alexandre: Tomara que o viúvo consiga, seria o mais justo. Agora verdade seja dita: Quando ele faleceu, não tínhamos o casamento civil (e talvez ele não quizesse por ser pessoa pública). Mas o fato é que ele tinha bens e vivia uma relação que não era reconhecida juridicamente... Então ele poderia simplesmente ter feito um testamento...

Ednon: Ganhar pensão sim...Meu amigo há 10 anos passou pela mesma situação e acabou ganhando a pensão por morte do companheiro, na época ele reivindicou o apartamento em que os dois moravam, mas não conseguiu...ficou para a família do falecido, pois eles não tinham feito a união estável. Eu vi o Emílio, pelo menos umas duas vezes, na boate Le Boy, nos áureos tempos, ele era, assim como eu, um assíduo frequentador, mas não sabia que ele vivia uma união estável.

rpaparazzo: achei que sse babado daria muito o que falar aqui no site rss, acho o seguinte... abrir brecha pra gay honesto receber herança é uma coisa!! agora o que vai aparecer de bicha oportunista e interesseira, querendo mais é ver defunto esfriar e dar o golpe no baú!! principalmente "tiozinho" bem de grana!! casado com bicha novinha estilo" filho " pra criar rss dae eu quero ver o Estado pagar a vida inteira uma previdência altos salários de nível Juiz Federal!! ae o carinha ganha na megasena pra vida inteira!! meu cada um que estud e trabalhe honesta e pare com essa de salario de marido gay!!

Marcio: foi aprovado casamento no cartório com plenos direitos. O Emílio ñ fez contrato mas com certeza professor ganha uma pensão. Todos tem direitos iguais. O que precisa é formalizar num cartório.

Wanda O´kull: Esse é o típico caso de quando morre o companheiro, a bixa tem que ficar lutando na justiça pra que a família não depene todo o patrimônio do ente falecido e deixe algo pro companheiro que construiu aquilo junto com o falecido.

jose eduardo: Interessante!A imprensa relatou logo apos a morte do cantor,que ele nao tinha parentes.Fiquei surpreso,pois que, nao eh facil imaginar alguem,sem familia.Agora aparece este professor.Se tinham um relacionamento,ele eh o que de mais proximo a uma familia,Emilio Santiago,ja teve.Ao morrer,sem parentes,todos os bens revertem p/ o Estado?Algum advogado por ai?? Prefiro que estes bens se transformem em propriedade do 'viuvo',mesmo que nao reconhecido,do que simplesmente revertam p/o Estado; uma gota de propriedades,num oceano de hipocrisia,malversação de recursos Publicos,e por ai a fora.Imagino que nunca se furtou tanto neste Brazil,como no governo anterior a este aqui.Prefiro Mil vezes que o dinheiro/propriedade/joias,acabem na conta bancaria de um professor,que ganhou dinheiro suado,do que 'nossos companheiros'.E como esta voce companheiro?Tudo bem companheiro.'Como,mas como nos enganaramportantotempo? Ja lulou?'Se arrependimento matasse'.

Anterior  1 2  Próxima 

Ofertas Atirados

 

 

Jockstrap Locker Preta - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00

 

 

Jockstrap Locker Amarela - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00

 

 

Jockstrap Locker Verde - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00

 

 

Jockstrap Locker Vermelha - Cell Block 13

 

Preço: R$ 120,00
PROMOÇÃO: R$ 98,00


É expressamente proibido a reprodução parcial ou total de qualquer conteúdo do site A Capa sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.
A Capa na iTunes App Store A Capa no Android Market RSS Facebook Twitter SoundCloud
Cadastre-se no informativo